Grupos de HEMA do Brasil, a Galiza e Portugal
Há tempo que estou a fazer um certo seguimento da atividade das HEMA na nossa esfera linguística, já que é
Guiar o carro e jogar a espada
Há pouco passei os exames necessários para obter a carta de condução. Era uma tarefa que tinha pendente desde havia
Por que usar a terminologia original?
…ou, noutras palavras: por que não traduzir os termos? Zornhau para «Cutelada da Ira», Ochs para «O Boi», etc. Fácil, não é?
Revista: o «Jude Lew» de Dierk Hagedorn
Há já duas semanas que me chegou o Jude Lew: das Fechtbuch publicado por Versus Books, um esforço colectivo do
Arte do Combate: história dum logótipo
Este artigo bastante longo é em parte deformação profissional e em parte resposta a algumas perguntas que recebi após fazer
As Doze Regras
→ Por demanda popular, venho de colocar os desenhos do «relógio» das Doze Regras à venda na nossa loja da
Regra 1 do Zufechten
Este exercício, que chamo de «Regra», é similar às katas das artes marciais orientais: uma sequência de movimentos pensada para
Zornhau como Vorschlag e técnicas relacionadas
Este vídeo é uma explicação que gravei para partilhar ideias com camaradas da HEMA-Brasil: Zornhau empregado no Vorschlag, e algumas possibilidades
A THOUGHT ON «NATIONAL» FENCING STYLES
I would like to put forth an idea to the HEMA community: let’s call things by their proper names. The

No YouTube


Grupos de HEMA do Brasil, a Galiza e Portugal

nek-gris-100x100